FIA e Ecclestone chegam próximos de acordo sobre Pacto da Concórdia

Contrato, que firma as bases comerciais da Fórmula 1 até 2020, deve ser assinado em definitivo "nas próximas semanas"

 

Os detentores dos direitos comerciais da Fórmula 1, representados por Bernie Ecclestone, e a Federação Internacional de Automobilismo firmaram as bases para a implementação do Pacto da Concórdia de 2013. O acordo gere toda a distribuição de dinheiro da categoria, além de garantir a participação das equipes.

Foi divulgado que “o acordo deverá ser aprovado pelas partes nas próximas semanas”. Atualmente, a Fórmula 1 funciona com acordos paralelos firmados por Ecclestone, sem um pacto geral em vigor.

As negociações visam estabelecer as bases comerciais da categoria para os próximos sete anos e enfrentam entraves devido à necessidade do presidente da FIA, Jean Todt, arrecadar mais dinheiro para a entidade, em ano de eleição, e pelas incertezas que rondam o futuro de Ecclestone, processado na Alemanha por suborno.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias