FIA pode vetar asa traseira móvel no túnel de Mônaco

Entidade estuda atender à recomendação dos pilotos e evitar riscos de acidentes nos treinos livres e na classificação

Pilotos não querem que a asa seja liberada em Mônaco

A novela das asas traseiras móveis em Mônaco ainda não está perto do fim. De acordo com a revista inglesa Autosport, a FIA está considerando banir o uso do dispositivo no túnel durante o evento, que será disputado no próximo final de semana.

Trata-se de uma solicitação dos pilotos, preocupados com a segurança, que inicialmente havia sido desconsiderada.

A zona de utilização da asa traseira deve ser colocada na reta de largada. Assim, a questão do risco de se acionar o dispositivo em outros setores da pista é relacionada aos treinos livres e à classificação, sessões em que ele é liberado.

A decisão deve sair até amanhã, a fim de que os pilotos tenham tempo para adaptar-se. Questões como a relação de marchas são afetadas pelo uso da asa traseira, que oferece ganho de cerca de 10 km/h, dependendo da pista.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias