FIA tira zebra de saída da Eau Rouge a pedido dos pilotos

Além disso, federação também mexeu na zebra da saída da curva 1, para facilitar o retorno à pista em uma possível escapada no trecho

Após o briefing dos pilotos na noite da última sexta-feira (21), a FIA decidiu retirar a zebra que havia sido instalada na saída da Eau Rouge. O objetivo era impedir que os carros cortassem caminho em direção à Raidillon.

A zebra foi denominada como “assustadora” por Jenson Button e gerou certa preocupação no primeiro dia de treinos livres. Os pilotos, então, pediram mudanças no trecho. A FIA entendeu que o pedido era válido e retirou o obstáculo no ápice da curva 4.

No entanto, em nota enviada para as equipes, a federação deixou claro que se um piloto cortar caminho naquele trecho e ganhar vantagem por isso, receberá uma punição dos comissários de prova.

Além da modificação na Eau Rouge, a FIA também mexeu na zebra da saída da curva 1, para facilitar a vida dos pilotos no caso de uma escapada naquele trecho.

A explicação está na mesma nota enviada aos times informando a alteração na Eau Rouge: "Os últimos 10 metros da lombada do lado externo da zebra da curva 1 foi removida. Os pilotos poderão, portanto, retornar à pista com maior facilidade, sem ter que passar duas vezes pela lombada”.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pista Spa-Francorchamps
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags eau rouge