Fiscal é atropelado por grua e morre após GP do Canadá

Após acidente de Esteban Gutiérrez, fiscal de pista é atropelado por veículo utilizado para levar carro aos boxes

Carro de Gutiérrez é trasportado para os boxes

Um fiscal de 38 anos foi atropelado por uma grua após o GP do Canadá. O homem trabalhava há 10 anos na operação de grua no GP canadense e escoltava o veículo enquanto ela foi à pista tirar a Sauber do mexicano Esteban Gutiérrez.

O atropelamento ocorreu quando o carro era transportado da curva 2 de volta à garagem. A certo ponto o fiscal entrou na frente da grua. O motorista não o viu e continuou acelerando, segundo testemunhas.

O homem foi transportado para o hospital Sacré-Coeur na cidade com um trauma central. Uma equipe de médicos já esperou o fiscal, que não resistiu e morreu devido aos ferimentos.

Confira comunicado da FIA sobre o acidente:

“A FIA está triste em anunciar a morte de um fiscal de pista às 18:02.”

“O fiscal, membro do Automóvel Club da Ile Notre Dame, foi vítima de um acidente que ocorreu no fim desta tarde em Montreal. A grua havia erguido o carro acidentado na pista para levá-lo aos boxes. Fazendo isso, o fiscal deixou cair seu rádio e tentou pegá-lo. Enquanto fazia isso foi atropelado pela grua que passou por cima de seu corpo”

“O fiscal foi transportado de helicóptero para o hospital Sacré-Coeur onde foi tratado pelo Dr. Ronald Denis, do departamento traumatológico. Infelizmente, o fiscal sucumbiu aos ferimentos no hospital.”

“A identidade do fiscal ainda não pode ser revelada.”

Esta é a primeira morte na F-1 desde o GP da Austrália de 2001, quando uma das rodas da B.A.R. do canadense Jacques VIlleneuve passou pela cerca de proteção após uma batida com Ralf Schumacher.

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Esteban Gutierrez
Tipo de artigo Últimas notícias