"Foi difícil acertar uma volta", diz Mark Webber, segundo

Australiano se diz bem para a corrida e feliz com sua estratégia na classificação: "Só dei quatro voltas com esse pneu"

Segundo colocado no grid de largada para o GP da Grã-Bretanha, Mark Webber destacou a dificuldade que os pilotos tiveram durante a sessão de classificação para acertar uma volta, uma vez que as condições da pista se alternavam a cada instante.

“Foi uma sessão apertada. Você faz as voltas sem saber como os outros estão, e é muito difícil acertar todos os setores de uma só vez. O piloto tem de se sentir confortável com as condições, que sempre mudam.”

O australiano se mostrou confiante de que seus pneus intermediários, pouco utilizados durante o treino, possam ajuda-lo na corrida.

“Acertamos a volta e fiquei feliz com minha estratégia de classificação, pois só fiz quatro voltas com o pneu. Será uma boa corrida.”

Webber destaca a importância da concentração para a prova, que deve ser disputada sob condições semelhantes ao treino classificatório. “Obviamente a concentração é um pouco diferente de um GP no seco. Algumas das retas não são tão simples. Depois da curva sete, a visibilidade fica um pouco comprometida, então isso requer uma concentração imensa.”

“No molhado, você tem de ter mais coragem e ao mesmo tempo ser flexível. É uma agressividade controlada. Você sabe que a grama não tem muita aderência, então a melhor forma de chegar até a bandeirada é ficar longe dela.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias