Force India aposta em ultrapassagens mais fáceis em Valência

Depois de corrida para esquecer no Canadá, equipe volta ao palco onde obteve um dos melhores resultados de 2010

Di Resta faz sua estreia em Valência

A Force India vem de uma corrida para esquecer no Canadá, com ambos os pilotos abandonando – Paul Di Resta completou mais de 90% da prova, e, portanto, foi classificado em último lugar. No entanto, foi em Valência que o time conseguiu um de seus melhores resultados no ano passado, com o sexto lugar de Adrian Sutil.

“A cidade é linda e o clima é ótimo, mas, sinceramente, a pista não é das minhas favoritas. A volta é feita de retas e hairpins, então não é um lugar dos mais desafiadores para correr. Tenho boas lembranças, especialmente do ano passado. Mesmo tendo dificuldades na classificação, dei sorte com o Safety Car e ganhei várias posições. No passado, era muito difícil ultrapassar aqui, mesmo com as longas retas. Esse problema deve ser resolvido com a asa traseira móvel.”

Paul Di Resta chegou a andar no circuito durante os treinos livres de 2010. Para o escocês, Valência não tem segredos.

“Pelo que lembro, gostei da pista e não foi muito difícil para aprender. Mesmo que a volta seja longa, as curvas não são difíceis. Devido às longas retas, acho que será outra pista em que vamos ver uma grande vantagem no uso da asa traseira móvel. A FIA tem de acertar a zona de ativação para que as ultrapassagens não fiquem fáceis demais. Meus objetivos são classificar entre os dez primeiros e correr pelos pontos.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Paul di Resta , Adrian Sutil
Tipo de artigo Últimas notícias