Force India e Toro Rosso pontuam em corrida consistente em Silverstone

Vergne e Pérez se tocam na primeira volta da corrida, mas continuam até o fim para completar o Top 11

Nico Hulkenberg se classificou bem  no grid, mas largou mal e jamais teve ritmo para desafiar as Red Bulls, McLarens Williams e Ferraris. Com isso o alemão chegou ao oitavo lugar, que continua lhe rendendo boa pontuação no campeonato de pilotos de 2014. Agora, só ele e Alonso pontuaram em todas as provas.

Já na Toro Rosso, Kvyat bateu seu companheiro Vergne após o francês colidir com Sergio Pérez na primeira volta.

Confira o que os pilotos da Force India e Toro Rosso falaram:

Nico Hulkenberg, Force India – 8º: "Foi uma tarde bastante complicada. Meu início não foi bom. Eu perdi algumas posições, e depois disso nós não aparentamos ter o ritmo para lutar por bons pontos grandes. Eu estava tendo problemas com o equilíbrio, o que pode ter sido relacionado com o vento. Eu tive algumas boas batalhas, especialmente nas primeiras voltas, mas estávamos sem desempenho para lutar hoje. É bom marcar pontos, mas saindo de quarto que esperávamos mais. Precisamos agora no reorganizar e voltar mais fortes para minha corrida em casa na Alemanha. "

Sergio Pérez, Force India – 11º: "Nós realmente não podemos julgar qual era nosso ritmo real, porque o contato com Vergne no início comprometeu a nossa corrida. Nós caímos para último e de lá era muito difícil salvar alguma coisa aqui. Lutei com o pneu mais duro no início da corrida, mas não foi o melhor momento para fazer isso. Perdi muito. O carro estava muito melhor com os macios. Depois do nosso pit-stop, mas a nosso stint final não foi o suficiente para voltar para os pontos. Foi uma verdadeira decepção após a boa posição de classificação que tivemos ontem e eu sinto que nós merecíamos alguns pontos neste fim de semana. Precisamos nos concentrar na próxima corrida na Alemanha e eu acredito que Hockenheim será mais adequado para o nosso carro."

Daniil Kvyat, Toro Rosso – 9º: "Foi uma corrida muito intensa, especialmente no final, quando eu estava tentando pegar Hulkenberg. Eu estava realmente mais rápido do que ele e estava definitivamente chegando muito perto, mas infelizmente eu não fui capaz de passá-lo no final. No geral, estou muito feliz com este fim de semana de corrida. Apreciei muito dirigir nesta pista com as suas curvas de alta velocidade. E depois de ter tido algumas corridas difíceis, é ótimo ver que todo o trabalho duro valeu a pena e que fomos capazes de ter os dois carros nos pontos."

Jean-Éric Vergne, Toro Rosso – 10º: "Uma corrida forte para toda a equipe. Ter dois carros nos pontos é certamente um bom resultado - e tudo o que precisávamos era de um resultado positivo. Estou feliz com a minha corrida. Sair do final do grid após a bandeira vermelha e ultrapassar os carros na minha frente era realmente uma boa diversão. Eu acho que hoje encontrei novamente a agressividade que sabia que tinha, e isso é certamente um impulso para a minha autoconfiança. Eu mal posso esperar para estar de volta ao carro para a próxima corrida. "

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias