Force India lucra com punição da Sauber e entra nos pontos

Adrian Sutil e Paul Di Resta ficam entre os dez primeiros após final de semana apagado

Sutil e Di Resta adotaram estratégias diferentes na prova

A dupla de pilotos da Force India fez uma corrida de sobrevivência no meio do pelotão e acabou saindo no lucro com a punição de ambos os carros da Sauber, excluídos do resultado final por infringir o regulamento técnico. Com isso, Adrian Sutil foi elevado à nona colocação, e o estreante Paul Di Resta ficou em décimo.

Apesar dos pontos caídos no colo, os pilotos admitem que ainda falta performance para o carro.

“No geral, não foi uma corrida ruim. Não foi fácil largar em 16º, mas consegui ganhar várias posições depois da primeira volta. Foi uma boa prova, por ser a primeira, mas espero que nosso ritmo melhore na Malásia”, afirmou Sutil por meio da assessoria de imprensa da equipe.

Di Resta foi outro que largou bem em sua prova de estreia na Fórmula 1, mas também reclamou do carro. “Nosso ritmo não estava tão bom hoje, mas tomara que na Malásia possamos entender o porquê e, quando as novidades chegarem, nossa performance pode melhorar.”

O escocês, que largou em 14º, não ficou 100% satisfeito com seu desempenho. “Adrian e eu estávamos em estratégias diferentes e tivemos de economizar combustível no final da corrida. Quero fazer um trabalho melhor na Malásia, mas em geral estou relativamente feliz.”

O chefe operacional da equipe, Otmar Szafnauer, no entanto, destacou o trabalho do novato.

“Paul guiou de forma impressionante, cuidando dos pneus e mostrando que sua transição para a Fórmula 1 é confortável. Além disso, o resultado confirma que nossa confiabilidade é boa, só temos que trabalhar em nosso ritmo de corrida para estar genuinamente na luta pelos pontos.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Paul di Resta , Adrian Sutil
Tipo de artigo Últimas notícias