Force India se dá bem em briga por sexta posição entre equipes

Com ambos os pilotos nos pontos, equipe se distancia de Toro Rosso e Sauber, que tiveram corrida complicada

Force India manteve os rivais à distância em Abu Dhabi

Com ambos os carros entre os dez primeiros, a Force India deu um passo importante para se garantir em sexto lugar no Mundial de Construtores. O time de Adrian Sutil, oitavo em Abu Dhabi, e Paul Di Resta, nono, agora tem 15 pontos de vantagem para a rival mais próxima, a Sauber.

A tática da Force India foi colocar seus pilotos em estratégias diferentes. Enquanto Sutil optou pelas mais tradicionais duas paradas, Di Resta apostou em uma. Ambos acabaram ganhando uma posição em relação ao grid de largada com o abandono de Vettel.

“O resultado de hoje é ótimo para a equipe, exatamente do que precisávamos. Incialmente, planejávamos fazer uma parada, mas a equipe decidiu mudar porque o pneu macio não durou tanto quanto esperávamos”, revelou Sutil. “Fiquei muito tempo lutando com Schumacher, tinha um ritmo semelhante, mas não consegui passar. Viemos para pontuar com ambos os carros e foi o que fizemos.”

Di Resta acabou mantendo-se no plano de parar uma vez, mas acredita que a tática não foi a mais adequada.

“Como equipe, podemos ficar felizes com ambos os carros nos pontos, mas fazer uma parada não foi a melhor estratégia. De qualquer forma, pensamos que valia a pena tentar. No final das contas, a performance no pneu médio não foi tão boa e, depois de 30 voltas, se tornou uma missão dura. Acho que tivemos sorte com o abandono de Buemi, pois isso tornou minha prova mais fácil. Era o que precisávamos para manter nossa luta no mundial de construtores.”

A Toro Rosso, grande rival da Force India nas últimas provas tem um dia para esquecer. Sebastien Buemi abandonou, enquanto Jaime Alguersuari, falando ao TotalRace, culpou a estratégia pelo 15º lugar, que havia somado 10 pontos nas últimas duas provas.

"Se era para fazer uma parada, não entendo até agora, porque um pitstop era mais lento que duas. Além do mais, o pneu duro estava muito lento. Perdemos 20, 30 segundos numa parada. Isso é inadmissível se quisermos terminar à frente da Sauber.”

Buemi teve de abandonar pela segunda vez seguida. “Tive de parar por causa da perda de fluido do sistema hidráulico. Foi uma pena, porque estava fazendo uma boa corrida até aquele momento. Tinha passado Di Resta e estava esperando entrar na briga com Sutil e Schumacher, o que significa que poderia terminar entre sétimo e novo.”

Já a Sauber arriscou na estratégia, com ambos os pilotos parando logo no início da prova para se livrar dos lentos pneus médios. Com isso, faturou um ponto com Kobayashi. A conquista foi importante porque a equipe vem perdendo terreno e este foi apenas o sétimo ponto somado nas últimas oito provas. Agora, tem 42, contra 41 da Toro Rosso.

(colaborou Luis Fernando Ramos, de Abu Dhabi)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pilotos Paul di Resta , Kamui Kobayashi , Adrian Sutil , Sébastien Buemi , Sergio Perez , Jaime Alguersuari
Tipo de artigo Últimas notícias