Frustrado com desempenho do carro, Button foca na luta por top 10

Para piloto inglês, 11º hoje, chegar ao Q3 no sábado será uma boa surpresa. Atrás do companheiro, Pérez torce por chuva

Button:

Bem que Jenson Button tentou esconder o pessimismo, mas o mau desempenho no primeiro dia do GP da Austrália, o que abre a temporada de 2013, ligou o sinal de alerta na McLaren. O inglês foi apenas o 11º colocado no segundo treino (após ter ficado em nono na primeira sessão), mais de dois segundos atrás de Sebastian Vettel. Seu companheiro de time, o mexicano Sergio Pérez, teve desempenho ainda mais discreto, ficando em 13º.

“Eu ficaria muito feliz e surpreso se conseguíssemos ficar entre os 10 primeiros no treino classificatório”, disse Button aos jornalistas após os treinos de sexta. “Claro que este não é o lugar em que gostaríamos de estar neste início de temporada, mas nem tudo está perdido. Hoje não tivemos o melhor dia, mas trabalharemos duro durante toda a noite para ver se encontramos as melhorias necessárias antes do treino de sábado. Estamos tentando diferentes caminhos, mas não está fácil. Não temos muito downforce e nossos stints curtos não foram encorajadores, para ser honesto. Estamos alguns segundos atrás e isso é um tanto decepcionante para um time como a McLaren. No entanto, nossa equipe é excelente e tenho certeza que teremos um sábado melhor do que tivemos hoje”, afirmou o campeão de 2009.

Para a corrida, Button se contenta em chegar aos pontos. “Este é o nosso objetivo no momento, lutar por pontos e largar da melhor posição possível”, definiu.

O mexicano Sergio Pérez, que faz seu primeiro GP pelo time inglês, foi na mesma linha do companheiro. “Sabemos que não estamos na posição que queremos e que temos problemas com o carro, mas vamos trabalhar para chegar aos pontos. O carro é muito imprevisível e quando está com gasolina vai em outra direção, não melhora. Vamos tentar achar o equilíbrio e fazer uma boa classificação para brigar pelos pontos”, comentou o ex-piloto da Sauber. “Sabíamos, pela pré-temporada, que as coisas não estavam excelentes, mas não pensávamos que estaríamos tão mal. De qualquer maneira, temos um grande time e podemos reverter esta situação”, completou Pérez, que torce pela chuva no resto do fim de semana. “Esperamos que chova, pois não temos velocidade suficiente no seco. E na chuva a sorte conta mais”.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Jenson Button , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias