GP da Bélgica pode se alternar com volta de prova na França

De acordo com os organizadores da corrida em Spa-Francorchamps, divisão com franceses está sendo discutida

O GP da Bélgica é um dos mais esperados no ano

Os organizadores do GP da Bélgica deram indicativos de que a corrida em Spa-Francorchamps pode se alternar com algum evento na França nos próximos anos, nos mesmos moldes do que acontece com Hockenheim e Nurburgring na Alemanha.

De acordo com o promotor Etienne Davignon, a alternância entre os GPs belga e francês está “em discussão” entre os organizadores de ambos os países e Bernie Ecclestone.

“A competição entre os países que querem ter grandes prêmios em seu território está ficando acirrada”, afirmou à agência de notícias Belga. “A solução de alternar as corridas perpetuaria o GP da Bélgica no calendário.”

Para os belgas, o problema em ter a F-1 todo ano é o tempo em que o circuito fica parado, por determinação da FIA. Sem passar por isso todos os anos, seria possível usar esse período para gerar receita.

“A organização requer que Spa-Francorchamps fique fechado por três semanas. Esse período poderia ser utilizado para outros fins.”

Davignon negou ainda que a saída apontada pelo dono da Renault, Gerard Lopez, de privatizar o circuito, seja uma opção.

A esperança dos belgas em lucrar com o circuito está mais ligada ao piloto local, Jerome d’Ambrosio, que faz sua estreia em casa correndo de F-1 no final do mês.

“Seu efeito já tem sido notado há meses e será ainda mais em 2012, quando Jerome será mais conhecido”, afirmou o também organizador Andre Maes, ao jornal De Morgen.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Tipo de artigo Últimas notícias