GP da Europa estabelece novo recorde de confiabilidade

É a primeira vez na história da F-1 que 24 carros completam um Grande Prêmio

Ninguém abandonou o GP da Europa

O GP da Europa pode não ter sido um “thriller” como as últimas corridas desta temporada, mas marcou um recorde impressionante. Nunca antes nas 62 temporadas da história da categoria uma prova havia tido 24 pilotos cruzando a linha de chegada. E isso porque o evento foi disputado sob altas tempeturas.

Ter muitos pilotos completando a prova não é novidade nesta temporada. O Grande Prêmio da China deste ano já havia marcado o recorde de confiabilidade na F1: nunca, até então, 23 pilotos tinham completando uma prova.

Esse era um tabu de quase 60 anos – o GP da Inglaterra de 1952 teve um grid de 31 carros, com 22 vendo a bandeirada. Era algo que estava amadurecendo, pois, no GP do Brasil do ano passado, o número havia sido igualado.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Tipo de artigo Últimas notícias