GP de Cingapura próximo de uma extensão de contrato na F-1

Acordo vigente se encerra no fim de 2012; novos papéis deverão ser assinados para o GP ser realizado por mais cinco anos

Os organizadores do Grande Prêmio de Cingapura estão próximos de fechar com Bernie Ecclestone uma renovação e contrato por mais cinco anos com a Fórmula 1.

O atual contrato de Cingapura, prova noturna realizada desde 2008, encera-se no fim desta temporada, com a opção de até mais dois anos. Mas o próprio Bernie Ecclestone já confirmou a um jornal local que um novo contrato está para ser firmado.

"Tudo está em ordem para que o Grande Prêmio de Cingapura continue por mais cinco anos", disse Ecclestone ao Today. "Estou feliz, pois Cingapura está fazendo bem para a Fórmula 1 e essa corrida noturna também faz bem para Cingapura", completou.

"Sempre foi minha intensão ver essa corrida de estendendo depois do fim do contrato atual. Agora as negociações estão caminhando para o fim", finalizou.

Um estudo de viabilidade para analisar os benefícios da corrida, feito em 2010, revelou que o GP gerou receitas no turismo na base dos US$ 331 mi (algo em torno de R$ 671 milhões) nos três primeiros anos.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Tipo de artigo Últimas notícias