GP do Bahrein está confirmado para dia 30 de outubro

De acordo com a FIA, decisão visa "ajudar a unir as pessoas para fazer com que o país siga em frente”

O GP do Bahrein já teve sete edições, desde 2004

O GP do Bahrein está confirmado para voltar ao calendário ainda em 2011. Depois do adiamento devido a confrontos entre manifestantes e forças do governo, a FIA definiu hoje que a prova será realizada dia 30 de outubro.
 

Com isso, o GP da Índia, que estava confirmado para esta data, deve ser realizado após o GP do Brasil. Com isso, os indianos, que estreiam na categoria neste ano, encerrarão a temporada. No entanto, ainda não há data definida. De acordo com o twitter dos organizadores do GP, ainda não se sabe se a prova seria dia 4 ou dia 11 de dezembro.

O GP do Bahrein estava inicialmente marcado para abrir a F-1 em 2011, dia 13 de março. Porém, o evento foi cancelado no final de fevereiro, uma vez que o governo não conseguiria garantir a segurança das milhares de pessoas que trabalham na categoria.

Em comunicado, a FIA explicou que o vice-presidente da entidade, Carlos Gracia, visitou o país dia 31 de maio para checar a situação. “Depois de considerar todos os fatores e ter em conta as preocupações de todos os envolvidos, o Conselho Mundial definiu recolocar o GP do Bahrein no calendário de 2011.”

“A decisão reflete no espírito de reconciliação do Bahrein, o que é evidente pelo forte apoio que a corrida tem do governo e de todos os partidos do país, incluindo a maior porção do grupo oposicionista. O Conselho Mundial acredita que recolocar o GP no calendário vai ajudar a unir as pessoas para fazer com que o país siga em frente.”

O presidente do Circuito Internacional do Bahrein, Zayed R. Alzayani, garantiu que a situação está sob controle.

“A notícia é bem-vinda para todo o Bahrein. Enfrentamos um período difícil enquanto país, mas a estabilidade voltou, com os negócios operando perto do normal, o Estado de Segurança Emergencial suspenso e os outros países removendo a recomendação para que seus cidadãos não viajem ao Bahrein. Estamos aprendendo com as lições do passado e, quando a F-1 chegar, lembraremos o mundo do que fazemos melhor.”

“Gostaria de agradecer Bernie Ecclestone, Jean Todt e a FIA e o restante da comunidade automobilística pela compreensão e apoio que nos deram neste ano.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias