Grosjean confia em futuro da Lotus: briga direta por pódio em 2016

Piloto francês, que deve permanecer no time para o próximo ano, acredita que a Lotus crescerá nos próximos anos

Grosjean: confiança no futuro da Lotus
De uma desastrosa temporada 2014, para a briga pelo pódio em 2016. Uma projeção pretensiosa demais, mas comprada por um confiante piloto. Essa é a previsão de Romain Grosjean para a Lotus daqui a dois anos. O francês mostra confiança em dias melhores para o time, após um ano de fracassos e resultados ruins.
 
[publicidade] Perto de se garantir na equipe para 2015 – a Lotus já manifestou o desejo de repetir a dupla para a próxima temporada (Pastor Maldonado acertara anteriormente a renovação) -, Grosjean confia na melhora da escuderia para os próximos anos.
 
“Há muitas mudanças acontecendo na Lotus, por isso não é ruim ficar aqui. Não dará para ser campeão mundial em 2015, mas penso que podemos pontuar e brigar por pódios. Neste caso, podemos construir uma base sólida para brigar de fato em 2016”, declarou.
 
A manutenção dos dois pilotos é o primeiro passo da Lotus para mudar o jogo a partir do próximo ano. Pastor Maldonado firmou um novo acordo há alguns meses, enquanto Romain Grosjean aguarda as próximas semanas para definir a continuidade do compromisso.
 
Gerard Lopez, chefe da Lotus, manifestou ainda nesta semana o desejo de contar com o francês para 2015, mesmo ciente da cláusula de competitividade que permite uma mudança, sem multas, para Grosjean.
 
A Lotus somou apenas oito pontos no Mundial de Construtores deste ano, todos obtidos por Romain Grosjean. Entre os times que pontuaram, somente a Marussia, com dois – ambos de Jules Bianchi -, tem desempenho pior na temporada 2014. Restam três etapas (EUA, Brasil e Abu Dhabi) para o final do calendário.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias