"Há uma linha tênue entre disputar e economizar”, critica Webber

Australiano diz não gostar do atual modelo de disputa da Fórmula 1 e avalia seu início de campeonato

Enquanto seu companheiro, Sebastian Vettel, dava a impressão de que não estava tirando tudo do carro para vencer com tranquilidade o GP do Bahrein, Mark Webber tinha dificuldades com os pneus e acabava em sétimo lugar, sendo ultrapassado por dois carros na última volta.

Para o australiano, correr no tráfego faz com que seja muito mais difícil cuidar dos pneus.

“No meio da corrida pensei que estava tudo bem. É uma questão de administrar o ritmo. Quando você está correndo sozinho dá para manter o ritmo e isso ajuda exponencialmente. Quando você está com outros ao redor há uma linha tênue entre disputar e economizar.”

Com 200 GPs recém-completados, Webber não gosta muito do atual modelo de disputa. “Talvez seja bom na TV, mas não temos muitos recursos para recuperar, esse é o problema. É bom para quem esta sentado em casa. Temos DRS e os pneus que acabam, mas é o mesmo para todo. Talvez seja um pouco diferente, é isso.”

Fazendo uma retrospectiva de seu início de temporada, o piloto da Red Bull se mostrou satisfeito. O australiano é quinto colocado, com 32 pontos, menos da metade do companheiro, que tem 77. Sua pontuação também é menor em relação ao ano passado, quando somou 48 nas quatro primeiras etapas.

“Acho que estava bem no inverno e pilotei bem nas três primeiras corridas. Fiquei desapontado na China com o contato com Jean-Eric, mas tirando isso fiquei feliz com meu desempenho. Porém, não acho que o resultado foi bom nesta última corrida. Vamos voltar para a Europa, recuperar as forças, e começar de novo.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias