Hamashima explica diferença entre Bridgestone e Pirelli

Especialista em pneus da Ferrari reconhece que até líderes do mundial têm muito a aprender acerca da borracha

Contratado no início deste ano para resolver os problemas da Ferrari com o aquecimento de pneus, o japonês Hirohide Hamashima, ex-Bridgestone, admite que, embora a equipe esteja liderando o campeonato de pilotos com Fernando Alonso, ainda está longe de compreender totalmente a borracha da Bridgestone.

“Ainda estamos estudando muito para que consigamos entender como os pneus se comportam”, afirmou o engenheiro, que explicou que a dificuldade está na pequena margem em que os pneus realmente funcionam bem.

“Minha compreensão até agora é que os pneus dos fornecedores anteriores tinham uma zona de funcionamento maior, então é importante preparar o pneu de maneira correta. O piloto também tem de se esforçar para usá-lo da melhor maneira, todos esses fatores são muito importantes.”

Hamashima destacou o papel que o próprio Alonso vem tendo na compreensão do que é preciso fazer dentro do cockpit para tirar o máximo dos Pirelli.

“Acho que o motivo pelo qual Fernando está liderando é ele mesmo. Na Malásia, a Ferrari usou os pneus muito bem e Fernando venceu. Também acho que em Valência ele entendeu muito bem como o pneu funcionava e venceu uma prova muito difícil.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias