Hamilton aguenta a pressão de Rosberg e vence na Espanha

Inglês rouba a liderança do campeonato após chegar só 0s6 à frente do companheiro; Vettel rouba a cena

Lewis Hamilton teve de trabalhar duro para bater Nico Rosberg, que adotou uma estratégia diferente e apertou o companheiro nas voltas finais mas, assim como no GP do Bahrein, se segurou na ponta para vencer a quarta prova seguida e chegar à liderança do campeonato. Apenas 0s6 separaram os dois pilotos da Mercedes.

Daniel Ricciardo conquistou seu primeiro pódio, mas quem roubou a cena na Red Bull foi Sebastian Vettel, que pulou de 15º para o quarto lugar em uma estratégia de três paradas. Na mesma tática, Felipe Massa não teve um bom rendimento e foi apenas o 13º.

Hamilton manteve a ponta na largada, com Rosberg em segundo e Bottas, que largou bem e superou Ricciardo, em terceiro. O australiano chegou a ser ameaçado por Grosjean, mas se segurou em quarto quando o francês fritou os pneus na primeira freada. Na briga interna na Ferrari, depois de uma dura disputa, quem se deu bem foi Raikkonen. Massa ganhou uma posição, de Button, subindo para oitavo, à frente de Hulkenberg e Perez. Largando em 15º, Vettel terminou a primeira volta em 14º.

[publicidade]Demorou apenas 7 voltas para as Mercedes abrirem 10s para Bottas, que começou a ser pressionado por Ricciardo. Mas o australiano é obrigado a se afastar para preservar seus pneus, enquanto é a outra Red Bull, de Vettel, que passa Gutierrez. O alemão passou a perseguir Button mas, sem conseguir passar, foi o primeiro a fazer o pit stop, na volta 13. O piloto colocou pneus duros.

Duas voltas depois, foi Ricciardo que parou, que colocou mais um jogo de médios para tentar superar Bottas na estratégia. Mas o finlandês não respondeu imediatamente: foi Massa quem parou na volta seguinte, junto de Grosjean.

Alonso parou na volta 18, tentando o undercut para cima de Raikkonen. Mas o espanhol pegou muito tráfego e não conseguiu ficar na frente do companheiro quando o finlandês fez sua parada, na volta seguinte. Massa também não teve sucesso ao parar antes e seguiu em oitavo.

Na volta 20, foi a vez do líder Hamilton parar, com vantagem suficiente para voltar em segundo. Na volta seguinte, foi a vez de Bottas, que acabou perdendo a terceira posição para Ricciardo, que tinha pneus seis voltas mais usados.

Rosberg parou apenas na volta 22, depois de mostrar que tinha ritmo sobrando em seu jogo antigo de pneus, e colocou os duros, para tentar algo diferente do companheiro, que retomou a ponta. Após os pit stops, a diferença entre os pilotos da Mercedes estava na casa dos 3s.

Grosjean voltou lento nas retas após sua parada e foi presa fácil para Raikkonen e Alonso. Enquanto isso, na ponta, a instrução para era para que Hamilton abrisse 4s para Rosberg, e o engenheiro de Rosberg pedia para ele manter Lewis a 2s. Na volta 26, a diferença entre os dois era de 3s.

Na volta 29, Massa fez sua segunda parada, colocando pneus duros e fazendo com que Vettel ganhasse mais uma posição. O stint longo com pneus duros funcionou e o alemão subiu para oitavo. Após a segunda parada, na volta 35, voltou em 13º, logo atrás de Massa.

Na volta 36, foi a vez de Alonso parar. O espanhol havia diminuído a diferença para Raikkonen para a casa de 1s5, mas estava mais longe do que antes da primeira parada. Atrás do espanhol, Vettel estava voando com os pneus médios e superou Massa com facilidade.

Hamilton fez seu segundo e último pit stop na volta 44. Duas voltas depois, Rosberg fez o mesmo, voltando com os pneus médios, enquanto o inglês tinha os duros. O alemão pegou tráfego quando saiu dos boxes e a diferença era de 4s8 com 21 voltas.

Na volta 47, Massa fez sua terceira parada, enquanto seu companheiro Bottas estava na estratégia de dois pits. O brasileiro não tinha um bom ritmo. Tanto, que Vettel, na mesma estratégia, voltou em sétimo após sua última parada, enquanto o piloto da Williams não passava do 14º lugar.

Parando uma volta antes de Alonso, Vettel conseguiu voltar na frente do espanhol, tornando-se o piloto melhor classificado entre os que fizeram três paradas. Assim, com 10 voltas para o final, Hamilton liderava com 2s6 de vantagem para Rosberg, Ricciardo em terceiro, Bottas em quarto, Raikkonen em quinto, Vettel em sexto, Alonso em sétimo, Grosjean em oitavo, Perez em nono e Hulkenberg fechando o top 10.

Não demorou muito para que Vettel chegasse e passasse Raikkonen, chegando ao quinto lugar depois de largar em 15º. Alonso também chegou no companheiro, que parara duas vezes.

As brigas ficaram guardadas para o final: Raikkonen x Alonso, Vettel x Bottas e Rosberg x Hamilton. Com duas voltas para o final, Alonso passou o companheiro na curva 4, após grande briga. Quase simultaneamente, Vettel superou Bottas. Na ponta, Rosberg chegou a 0s6 de Hamilton, mas não conseguiu superar o companheiro.

Com o resultado, Hamilton lidera o campeonato com três pontos de vantagem para o companheiro de Mercedes. O próximo round será no GP de Mônaco, em duas semanas.

Confira o resultado após 66 voltas:

1.  Lewis Hamilton     Mercedes
2.  Nico Rosberg       Mercedes a 0.6s
3.  Daniel Ricciardo   Red Bull-Renault a 49.1s
4.  Sebastian Vettel   Red Bull-Renault a 76.7s
5.  Valtteri Bottas    Williams-Mercedes a 79.3s
6.  Fernando Alonso    Ferrari a 87.8s
7.  Kimi Raikkonen     Ferrari a 1 volta
8.  Romain Grosjean    Lotus-Renault a 1 volta
9.  Sergio Perez       Force India-Mercedes a 1 volta
10.  Nico Hulkenberg    Force India-Mercedes a 1 volta
11.  Jenson Button      McLaren-Mercedes a 1 volta
12.  Kevin Magnussen    McLaren-Mercedes a 1 volta
13.  Felipe Massa       Williams-Mercedes a 1 volta
14.  Daniil Kvyat       Toro Rosso-Renault a 1 volta
15.  Pastor Maldonado   Lotus-Renault a 1 volta
16.  Esteban Gutierrez  Sauber-Ferrari a 1 volta
17.  Adrian Sutil       Sauber-Ferrari a 1 volta
18.  Jules Bianchi      Marussia-Ferrari a 2 voltas
19.  Max Chilton        Marussia-Ferrari a 2 voltas
20.  Marcus Ericsson    Caterham-Renault a 2 voltas

Abandonos:

     Kamui Kobayashi   Caterham-Renault a 33 voltas
     Jean-Eric Vergne   Toro Rosso-Renault a 43 voltas

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias