Hamilton aposta numa corrida imprevisível na Austrália

Reconhecendo que o novo McLaren ainda não tem ritmo para lutar e igual para igual com os rivais, inglês espera lucrar com início de ano caótico

Lewis Hamilton, vencedor do GP da Austrália em 2008, se mostra cauteloso em relação às expectativas da McLaren para este início da temporada. Com exceção da Hispania, que ainda não andou com o carro deste ano, a equipe de Woking foi a que acumulou a menor quilometragem nos testes de pré-temporada.

“Não podemos esconder o fato de que os testes foram mais duros que esperávamos: nossa quilometragem não foi tão alta quanto a de nossos rivais, nem tínhamos o ritmo dos carros mais rápidos. Mesmo assim, o MP4-26 dá uma boa sensação: eu gosto de guiar o carro, acho que vai cuidar bem dos pneus e sei que vamos melhorar a performance antes dessa corrida de abertura”, afirmou o campeão de 2008 por meio da assessoria de imprensa da McLaren.

Hamilton se disse animado e muito bem preparado fisicamente para o início da temporada. Ele revelou que está contando com corridas caóticas no começo do ano para somar pontos importantes. Em 2010, a McLaren se valeu de provas afetadas pela chuva para vencer com Jenson Button na Austrália e fazer uma dobradinha na China.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias