Hamilton diz estar pronto para lutar pelo bi e quer se redimir

Após ficar contrariado ao final do GP da Austrália pelo terceiro lugar, inglês vê lado bom: carro é bom o bastante para brigar

Hamilton não escondeu o descontentamento após largar na pole e terminar em terceiro

Lewis Hamilton pareceu bastante contrariado com o terceiro lugar após o GP da Austrália. Afinal, havia largado na pole e foi indiscutivelmente batido pelo companheiro Jenson Button na corrida, algo que remete ao ano passado, quando o inglês se tornou o primeiro companheiro a superar o campeão de 2008 na tabela de classificação ao final do Mundial.

Porém, passado o furacão, Hamilton admite que começar o ano sabendo que tem um carro para lutar pelo título não é nada ruim.

“Se isso é um dia ruim para mim então eu definitivamente não posso reclamar. Sei que esse é um carro com o qual definitivamente posso lutar. Jenson provou isso. Ele fez uma corrida fantástica e é um ótimo início o fato de ambos terem terminado no pódio”, afirmou ao Telegraph.

“Será uma temporada apertada porque as Red Bull são muito rápidas e Deus sabe de onde eles vieram no domingo. Ainda vamos conseguir atacar, mas para nós começar na frente é um bom início.”

Hamilton destacou que, apesar da McLaren ter dominado a classificação, a equipe não pode relaxar, pois as Red Bull foram muito rápidas durante a corrida.

“Parecemos ser a equipe a ser batida, o que é um bom sinal. A equipe tem trabalhado duro para isso. É definitivamente uma boa posição para se estar, mas não podemos nos empolgar porque até a Ferrari foi rápida na corrida. Quanto às Red Bull, pareceu que eles tiveram menos degradação que nós. É muito cedo para dizer. Na classificação fomos muito rápidos e competitivos, mas eles eram muito rápidos na corrida.”

Após um ano atribulado em 2011, Hamilton comemorou a presença da namorada, com quem reatou no final do ano passado, e da mãe na Austrália. E destacou que pretende se redimir na Malásia.

“Quanto a mim, definitivamente sinto-me na luta pelo título. Sinto tão pronto quanto nunca. Estava pronto no domingo, mas as coisas não aconteceram do jeito que esperava. Vamos voltar à pista logo de cara no próximo final de semana, o que é bom. Eu planejo me redimir.”

“Foi positivo ter Nicole por perto, assim como minha mãe. O apoio deles significa muito para mim. Espero no decorrer do ano estar com meu pai e meu irmão, isso também seria ótimo.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias