Hamilton joga a pressão para cima dos rivais e se vê no lucro

Mesmo com bom desempenho da Mercedes nos testes de pré-temporada, inglês vê ano de adaptação à nova equipe

A Mercedes pode ter mostrado um bom ritmo nos testes de pré-temporada, mas Lewis Hamilton mantém a cautela a respeito das chances de sua nova equipe – e evita aumentar as expectativas a respeito do que ele mesmo pode fazer com um carro competitivo.

Para o campeão de 2008, o ano é de adaptação à nova realidade. “Não acho que há qualquer expectativa. É um ano em que sabemos que podemos não ter o melhor pacote, mas é um desafio para mim. E não acho que há pressão do lado de fora para que eu faça qualquer coisa com esse desafio. Só preciso curtir trabalhar com a equipe e melhorar.”

O inglês acredita que os pilotos quem têm mais tempo de casa e que já vinham com bons carros têm mais responsabilidade de vencer. “Acho que a pressão está mais nos outros, que tiveram grandes carros e estiveram envolvidos no projeto deste carro. Eles têm a pressão de competir. Para nós, só temos a ganhar.”

Felipe Massa, porém, não está tão convencido de que Hamilton terá um ano apagado e confia que o inglês pode fazer diferença no braço. O brasileiro também acredita que a Mercedes não está tão longe quanto ano passado. “Lewis é um piloto que sempre mostrou que pode lutar pelo campeonato. Ele é muito rápido e sempre provou que, quando tem um carro competitivo, estará lutando por vitórias e pelo título.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias