Hamilton: mudança de regras não foi justa

Para piloto inglês, dirigentes precisam encontrar um meio termo para que, nem Ferrari, nem Red Bull, saiam ganhando

Inglês se sentiu prejudicado

Piloto de uma das equipes que pareceu estar entre as mais afetadas pelas regras do difusor usadas em Silverstone, Lewis Hamilton reclamou da atual situação e afirmou que é necessário encontrar um meio termo para que ninguém possa se beneficiar das mudanças.

“Não sei o que vai acontecer, mas eles precisam descobrir uma maneira de tornar a situação justa. Chegamos a um ponto que a Red Bull estava muito à frente e agora eles mudaram a regra e a Ferrari se beneficiou e nós sofremos. Precisa ser nivelado entre todas as equipes. Não sei como eles fariam isso, mas é o que precisam fazer.”

O inglês revelou que sentiu seu carro diferente na prova de Silverstone. “Pude ver durante a corrida que perdia muito em termos de pressão aerodinâmica comparando com as corridas anteriores.”

De acordo com Hamilton, dos carros da frente, foi a McLaren quem mais saiu perdendo com a nova regra.

“Comparando com os carros que estão mais atrás, a Williams e os outros, não posso comentar por eles. Mas em relação aos que estão na frente, a Ferrari se beneficiou com a nova regra e a Red Bull definitivamente não perdeu nada.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias