Hamilton não vê a Mercedes ganhando nenhum GP até o fim do ano

Inglês acha que a Red Bull está longe demais e destaca a melhora de rendimento da Lotus nas últimas provas

Lewis Hamilton foi o último piloto a vencer uma prova, no GP da Hungria, antes que Sebastian Vettel começasse sua incrível sequência de cinco vitórias. Mas o inglês não espera repetir isso nas quatro provas que faltam para o final do campeonato.

O piloto da Mercedes lembra que sua equipe está estagnada – e longe demais da Red Bull em termos de ritmo. “Paramos de desenvolver o carro e a Red Bull está muito longe. Isso [uma vitória] não vai acontecer, mas podemos conseguir muitos pontos e acho que podemos voltar ao pódio.”

Na verdade, até estourar o champanhe tem sido raridade para o time alemão, que enfrentou problemas de estratégia e levou azar nas últimas etapas. O último pódio da equipe foi o terceiro lugar do próprio Hamilton no GP da Bélgica.

“A Lotus melhorou o ritmo, mas senti que tínhamos a chance de lutar por um pódio. Sinto-me mal por esses caras porque eles estão fazendo um grande trabalho, mas as coisas não estão dando certo para nós. Parece que não temos sorte.”

Sobre Vettel, Hamilton disse que seria capaz de apostar dinheiro que o alemão fechará a fatura do tetracampeonato na Índia. Afinal, o piloto da Red Bull pode ser campeão mesmo abandonando, caso Fernando Alonso não chegue em primeiro ou segundo.

“Se ele não tiver problemas de confiabilidade, é muito provável. Eu colocaria dinheiro nisso. Por que não?”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias