Hamilton quer apagar lembranças de Mônaco vencendo em Montreal

O inglês perdeu a vitória nas últimas voltas por um erro da equipe e garante que isso já ficou no passado.

Após o pódio do GP de Mônaco era claro notar a insatisfação de Lewis Hamilton. O piloto sequer estourou o champanhe e ficou com a cara amarrada durante toda a cerimônia. É compreensível esta atitude do inglês, já que perdeu uma corrida que estava ganha, por causa de um erro de equipe. Hamilton afirma que tudo aquilo ficou no passado e quer vencer em Montreal.

Com o GP do Canadá que acontece neste final de semana, em Montreal, Hamilton que apagar as frustrações da última etapa, para vencer em uma de suas pistas favoritas.

“Eu acho que tudo o que precisa ser dito sobre Mônaco já foi dito. Obviamente, foi uma grande decepção para mim e também para a equipe. Mas vamos aprender com isso e avançar juntos como sempre fizemos”, disse.

O atual bicampeão mundial afirma que não escolheria um palco melhor, senão o Canadá para voltar a vencer, pois tem grandes lembranças de Montreal, local onde o inglês venceu pela primeira vez na carreira, pela McLaren em 2007.

“Este sempre foi um dos meus finais de semana favoritos. A corrida é fantástica, a cidade é muito divertida e a multidão é realmente . entusiasmada. Eu nem sempre tive a melhor sorte no Canadá, mas eu nunca terminei uma corrida fora do pódio lá e também me traz grandes recordações, incluindo a minha primeira vitória”, relembra.

Mas se depender de Nico Rosberg, os planos de Hamilton não serão realizados. O alemão vem de duas vitórias consecutivas e quer manter essa boa fase também no Canadá.

“Eu ainda não consigo acreditar que eu estava no local mais alto do pódio em Mônaco, pela terceira vez na semana passada. Foi tudo muito surreal e eu não acho que tenha sido apenas sorte. No entanto, naquele fim de semana também mostrou o que eu preciso para levantar o meu jogo ainda mais na batalha deste ano”, afirma.

Toto Wolff, chefe esportivo da Mercedes também afirma que o que aconteceu com o Hamilton em Mônaco está no passado e que a equipe aprendeu as lições.

“Foi muito difícil engolir o que aconteceu em Mônaco. Você nunca pode se dar ao luxo de perder pontos e este foi um lembrete de que qualquer erro pode custar caro. No entanto, devemos também lembrar o quão longe nós viemos para ficar desapontado com um P1 e P3. Então, nós levamos tudo como aprendizagem e agora olhar em frente para a próxima corrida no Canadá”, comentou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pista Circuit Gilles-Villeneuve
Pilotos Lewis Hamilton , Nico Rosberg
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Preview