Hamilton: "Se não formos os mais rápidos, tenho de pontuar"

Inglês quer copiar a estratégia do rival Fernando Alonso para descontar a vantagem de 37 pontos do espanhol

Com duas vitórias nas últimas três corridas e o melhor carro nas mãos, não é à toa que Lewis Hamilton é apontado com o maior rival de Fernando Alonso na luta pelo título. O inglês, no entanto, acredita que precisa copiar o espanhol e deixar de desperdiçar oportunidades.

“Sempre estive na disputa, mas houve boas e más corridas. Não tenho como prever o futuro, mas tenho que continuar fazendo o mesmo que neste final de semana. Se não formos os mais rápidos na próxima prova, tenho que continuar pontuando, como o Fernando vem fazendo. A competição está entre as equipes e nas cabeças dos pilotos.”

Hamilton lembra que, embora a McLaren tenha tido o carro a ser batido nas últimas quatro etapas, abandonou em duas delas, perdendo a chance de diminuir ainda mais a diferença, atualmente de 37 pontos, para Alonso.

“Mesmo tendo uma grande performance no carro nas últimas corridas, não conquistei tantos pontos. Preciso melhorar nisso. Obviamente, temos um bom pacote, então as chances vão continuar a aparecer, mas os demais vão querer nos superar. Vou tentar animar o pessoal para que eles levem boas novidades para as próximas etapas.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias