Hamilton se prepara para trabalhar redobrado na Hungria

Inglês reconhece que a Mercedes está em desvantagem por não ter participado de teste com novos pneus, em Silverstone

A equipe que mais sofre com o desgaste acelerado dos pneus nos dias quentes terá de encarar o escaldante GP da Hungria sem ter participado do único teste que em que borracha que estreia neste final de semana foi utilizada.

A perspectiva da Mercedes, que ficou de fora da atividade de pista de Silverstone como punição por ter usado o carro de 2013 para treinar a serviço da Pirelli em Barcelona em maio, não é das mais positivas para Budapeste mas, ainda assim, Lewis Hamilton não entrega os pontos.

“Além do fato que vou suar muito, vai ser um circuito difícil para nosso carro, mas vamos ver nos treinos livres de sexta-feira o que podemos fazer”, afirmou Hamilton ao TotalRace. “Tomara que não tenhamos situações semelhantes às de Silverstone, possamos seguir adiante e nos adaptar a essa novidade.”

Hamilton reconhece que a Mercedes terá de correr atrás do prejuízo por não ter andado com os novos pneus, mas acredita que no trabalho da equipe.

“Certamente, não temos vantagem alguma, mas acho que vamos nos recuperar rapidamente. Espero que os pneus funcionem para nós e que não tenhamos tantos problemas em correr no calor quanto na última corrida. Definitivamente tenho mais trabalho para fazer e precisamos maximizar cada saída de pista e tentar acumular o máximo de dados.”

Pelo menos até o início da tarde de hoje na Hungria, a Mercedes não tinha informações sobre o novo pneu.

“Não sei muita coisa sobre o pneu novo. Sentei com meu engenheiro ontem e ele me disse que ainda não tinham recebido nenhuma informação da Pirelli, então acho que vão saber hoje quais são as diferentes.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias