Hamilton sobra para largar na pole no GP de Cingapura

Inglês é meio segundo mais rápido que o segundo colocado, a surpresa Maldoando; Vettel larga em terceiro

A prometida briga entre Sebastian Vettel e Lewis Hamilton pela pole do GP de Cingapura não aconteceu. O inglês ainda sobrou em relação à concorrência para garantir o primeiro lugar no grid na corrida em Marina Bay. Pastor Maldonado surpreendeu, com a segunda colocação relegando o alemão da Red Bull ao terceiro lugar. O líder do campeonato, Fernando Alonso, larga em quinto.

Os brasileiros foram eliminados no Q2, com Felipe Massa largando em 13º e Bruno Senna, que quebrou a suspensão e não completou volta com tempo marcado na segunda parte do treino, em 17º. Após trocar o câmbio e receber a punição de 5 posições, o piloto da Williams caiu para 22º.

Q1

Vários pilotos começaram a primeira parte da classificação cometendo erros, chegando bastante próximos do muro, fritando pneu e passando reto na chicane da curva 10. Afinal, todos precisavam forçar para evitar usar o supermacio logo de cara pois, com a diferença de cerca de 1s entre os compostos, até times médios que usassem o pneu mais rápido colocariam os ponteiros em perigo.

McLaren e Red Bull se garantiram nas quatro primeiras colocações, com Vettel à frente e Alonso em quinto. Após as primeiras voltas, Massa fez o décimo tempo, uma posição à frente de Senna. Com Petrov se colocando no meio das equipes médias, Kobayashi e Vergne estariam fora após ir à pista com o macio.

Raikkonen foi o primeiro a usar os supermacios, pulando de 13º para 1º. Isso leva vários pilotos à pista. Apenas as Red Bull, McLaren, Ferrari e Mercedes permanecem nos boxes. Como Kobayashi abordou sua tentativa com os supermacios, acabou salvando Felipe Massa, que acabou o Q1 em 16º.

Com isso, o japonês foi eliminado junto de Petrov, classificando-se à frente de Kovalainen, Glock, Pic e a dupla da HRT, também com Karthikeyan superando De la Rosa.

Q2

Se, no Q1, muitos pilotos “beijaram” o muro, na segunda parte Grosjean e, especialmente, Bruno Senna, exageraram e bateram com mais força. Pior para o brasileiro, que teve uma quebra de suspensão e abandonou o treino sem ter completado uma volta lançada, classificando-se em 17º. 

Após as primeiras tentativas, com supermacios, Hamilton liderava Vettel, Button, Alonso, Webber, Raikkonen, Rosberg, Maldonado, Massa e Di Resta. As McLaren e Vettel nem chegam a fazer sua segunda tentativa, economizando um jogo de pneus supermacios para o Q3.

Mesmo com a Force India andando bem, Hulkenberg ficou fora do top 10, em 11º, seguido por Kimi Raikkonen, superado pelo companheiro Romain Grosjean, Massa, Perez, Ricciardo e Vergne.

Q3

As Mercedes adotaram a estratégia de sair com os pneus macios e voltaram antes de marcar um tempo, assim como Di Resta, com supermacios, enquanto Alonso e Grosjean ficaram nos boxes e deixaram para fazer sua volta rápida no final do treino.

Na primeira tentativa dos ponteiros, Webber abortou, Vettel não foi bem e Hamilton detonou os cronômetros, sendo quase um segundo mais rápido que Button.

A primeira tentativa garantiu a pole para Hamilton, com a surpresa Maldonado em segundo. Vettel decepcionou no Q3 e ficou apenas em terceiro, à frente de Button, Alonso, Di Resta, Webber e Grosjean. Rosberg e Schumacher, sem tempo, completam o top 10.

O GP de Cingapura tem largada às 9h pelo horário de Brasília neste domingo.

Classificação do GP de Cingapura:
1º) Lewis Hamilton, (McLaren-Mercedes), 1min46s362        
2º) Pastor Maldonado, (Williams-Renault), 1min46s804, a 0s442 
3º) Sebastian Vettel, (Red Bull-Renault), 1min46s905, a 0s543 
4º) Jenson Button, (McLaren-Mercedes), 1min46s939, a 0s577 
5º) Fernando Alonso, (Ferrari), 1min47s216, a 0s854 
6º) Paul di Resta, (Force India-Mercedes), 1min47s241, a 0s879 
7º) Mark Webber, (Red Bull-Renault), 1min47s475, a 1s113 
8º) Romain Grosjean, (Lotus-Renault), 1min47s788, a 1s426 
9º) Michael Schumacher, (Mercedes), Sem tempo        
10º) Nico Rosberg, (Mercedes), Sem tempo             
Q2
11º) Nico Hulkenberg, (Force India-Mercedes), 1min47s975, a 1s310
12º) Kimi Raikkonen, (Lotus-Renault), 1min48s261, a 1s596
13º) Felipe Massa, (Ferrari), 1min48s344, a 1s679
14º) Sergio Perez, (Sauber-Ferrari), 1min48s505, a 1s840
15º) Daniel Ricciardo, (Toro Rosso-Ferrari), 1min48s774, a 2s109
16º) Jean-Eric Vergne, (Toro Rosso-Ferrari), 1min48s849, a 2s184
Q1
17º) Kamui Kobayashi, (Sauber-Ferrari), 1min49s933, a 2s245
18º) Vitaly Petrov, (Caterham-Renault), 1min50s846, a 3s158
19º) Heikki Kovalainen, (Caterham-Renault), 1min51s137, a 3s449
20º) Timo Glock, (Marussia-Cosworth), 1min51s370, a 3s682
21º) Charles Pic, (Marussia-Cosworth), 1min51s762, a 4s074
22º) Bruno Senna, (Williams-Renault), Punido
23º) Narain Karthikeyan, (HRT-Cosworth), 1min52s372, a 4s684
24º) Pedro de la Rosa, (HRT-Cosworth), 1min53s355, a 5s667

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Tipo de artigo Últimas notícias