Heidfeld se preocupa com desenvolvimento dos rivais

Após o terceiro lugar no GP da Malásia, alemão da Renault reconhece que a equipe levará poucas novidades para a China

Ano passado, Petrov conquistou seus primeiros pontos na China

A Renault tem motivos de sobra para esbanjar confiança depois de dois pódios em nas duas primeiras provas do ano, mas o alemão Nick Heidfeld se mostra preocupado com a falta de grandes novidades no carro para o GP da China.

“Depende do que os outros times trouxerem, pois isso pode mudar a ordem das equipes. Tivemos um bom upgrade em Sepang, porém o pacote de Xangai não é tão extenso. Mas acho que é um circuito em que nosso carro irá bem porque temos boa velocidade de ponta, o que deve fazer a diferença na reta oposta”, afirmou por meio da assessoria de imprensa da equipe.

Seu companheiro, Vitaly Petrov, volta ao palco em que conquistou os primeiros pontos na Fórmula 1, numa prova confusa, com direito a pancada de chuva e Safety Car.

“Não é minha pista favorita, mas eu obviamente tenho algumas boas memórias porque marquei meus primeiros pontos aqui ano passado. Como vimos na Malásia, não dá para saber o que esperar dos pneus e você tem que lembrar também que a asa traseira móvel provavelmente vai causar um impacto grande, assim como em Sepang.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Nick Heidfeld , Vitaly Petrov
Tipo de artigo Últimas notícias