Honda pensa em voltar à F1, caso novas regras sejam atraentes, diz executivo

Chefe do departamento de pesquisa e desenvolvimento, diz que empresa japonesa está sempre atenta à categotria

Barrichello em 2008, o último ano da Honda na F1

Apesar de ter deixado a Fórmula 1 no final de 2008, a Honda ainda pensa na categoria e não descarta voltar caso o regulamento novo seja atraente para a montadora. “Pessoalmente não acho que vamos voltar imediatamente, mas há uma boa possibilidade de as regras mudarem e nos atraírem”, revelou o chefe de pesquisa e desenvolvimento da companhia, Yoshiharu Yamamoto em entrevista à Autocar.

Segundo Yamamoto, a empresa japonesa, que está presente em várias categoria do esporte a motor, como a Fórmula Indy e a MotoGP, está sempre acompanhando o que acontece na F1. “Fórmula 1 é o topo do automobilismo e requer um grande compromisso, mas a verdade é que prestamos atenção nessas corridas e espero que um dia possamos participar novamente”, disse o executivo, que é entusiasta da categoria. “Não posso falar pela Honda, mas, pessoalmente, eu amo as corridas. Há muita coisa envolvida quando estamos na F1”, declarou.

Além da Indy e da MotoGP, a Honda também está entrando no WTCC e vai participar do campeonato de 2013, com Gabriele Tarquini e Tiago Monteiro como pilotos. Para Yamamoto, antes de voltar a F1, é preciso se concentrar no mundial de turismo. “A primeira coisa que devemos fazer é vencer no WTCC, e então, talvez possamos mirar mais além”, afirmou.

A Honda deixou a F1 no final de 2008, no auge da crise econômica mundial, após sua equipe própria não apresentar resultados satisfatórios. Curiosamente, a fábrica deixou como herança ao dirigente Ross Brawn o carro e a estrutura da equipe e a recém criada Brawn foi campeão mundial de construtores e de pilotos, com o inglês Jenson Button.

Antes do time dos anos 2000, a Honda teve história vencedora como fornecedora de motor nas décadas 80 e 90, conquistando sete títulos de construtores e cinco de pilotos e também teve sua própria na década de 60.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias