Horner reclama de domínio da Mercedes: “fãs querem competição”

Chefe da equipe Red Bull quer Fórmula 1 mais “imprevisível”, com mais ação dentro da pista e sugere mudanças

Mesmo dominando a categoria de 2010 a 2013, o chefe da Red Bull, Christian Horner, diz que o rendimento absoluto mostrado pela Mercedes atualmente é muito ruim para o interesse dos fãs na F1, já que deixa as corridas previsíveis demais.

"Os fãs querem ver competição e nós tivemos uma equipe dominante durante os últimos 18 meses", disse Horner. "Eles têm feito um bom trabalho e merecem estar nessa posição.”

"Você pode ver que quando os resultados são extremamente previsíveis, não geram atenção. O que vimos após a primeira volta em Silverstone foi imprevisível e, após isso, a chuva também foi imprevisível."

A última reunião do Grupo de Estratégia, antes da corrida em Silverstone, levou a uma série de sugestões para melhorar o esporte, com propostas que podem mudar os regulamentos técnicos e até o formato dos finais de semana.

Já Horner tem outra ideia, e quer a criação de um novo evento ao lado da F1, no qual os pilotos corressem com o mesmo equipamento.

"Costumava haver uma coisa chamada Procar anos atrás, onde grandes pilotos corriam em carros monomarca."

"Eu acho que vai ser divertido para os fãs e para os promotores.”

"No mundo de hoje, com as pressões comerciais, seria bom explorar o conceito em certos eventos, para trazer alguns pilotos mais antigos também e colocar os pilotos novos para competir com eles.”

"Em um fim de semana de GP, os pilotos teriam mais tempo do que nunca na pista. É um conceito a ser discutido, por que não? "

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias