Horner: Red Bull não faria nem em sonho tempos de Raikkonen

Chefe da equipe se impressiona com ritmo do finlandês com pneus desgastados e falta de consistência nos rivais

O chefe da Red Bull, Christian Horner, afirmou que seus carros não poderiam manter o ritmo demonstrado por Kimi Raikkonen no GP da Austrália “nem em sonho”. O dirigente destacou a velocidade do finlandês combinada com a durabilidade dos pneus.

“Kimi foi a única combinação carro/piloto que fez a estratégia de duas paradas funcionar e, para enfatizar isso, ele fez a volta mais rápida em um pneu que tinha mais voltas do que poderíamos sonhar nos aproximar. Acho que aprendemos muito com essa corrida e espero que não esteja tão frio semana que vem”, afirmou.

“A Force India pareceu lidar bem com os pneus e Kimi – porque Grosjean tentou fazer a mesma estratégia e não funcionou. Com o acerto e as condições do tempo, ele conseguiu cuidar dos pneus. Poderíamos ter parado uma vez? Sem chance.”

Horner chamou a atenção para as flutuações de performances observadas na corrida dependendo do composto utilizado. “A Ferrari esteve forte, mas foi interessante porque o Felipe era muito competitivo com o pneu supermacio, enquanto o Fernando impressionou com seu segundo jogo de médios. As coisas foram variando. As Mercedes fizeram os supermacios funcionarem muito bem e parecia que eles estavam bem para fazer duas paradas, mas não conseguiram fazer o pneu médio funcionar.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Tipo de artigo Últimas notícias