Hülkenberg espera corrida difícil em Cingapura

Pela marca de duas horas ser quase sempre alcançada em Maina Bay, equipe espera corrida desgastante para pilotos

Com o quinto lugar de Monza, Nico Hülkenberg chegará no GP de Cingapura com o melhor resultado do ano bem fresco na memória. O alemão, entretanto, espera uma corrida difícil em Marina Bay pelas condições climáticas e a distância da prova, sempre chegando no limite das duas horas.

"O GP de Cingapura é uma das corridas mais difíceis do ano, com as altas temperaturas e umidade”, falou Hülk.

“É um circuito desafiador, com muitas curvas. Eu, particularmente, gosto do primeiro setor e o início do setor dois. Por ser uma corrida noturna, ficamos no horário europeu durante todo o fim de semana, por isso é importante para entrar no ritmo certo com o seu sono desde o início.”

Gutiérrez também vê prova difícil à frente, por isso espera começar a preparação o mais rápido possível para conseguir o melhor resultado.

“Cingapura é um circuito difícil em termos de como o piloto é afetado fisicamente”, falou Esteban.

“A umidade é muito alta, por isso há menos oxigênio no ar, e isso é um desafio. Tem impacto na concentração, o que significa que a preparação é muito importante. Não há nada que você possa fazer ou treinar especificamente para isso, mas gosto a chegar mais cedo para se acostumar com as condições.

“Gosto da pista, que tem um monte de curvas e é bastante longa, o que faz com que seja divertido”, finalizou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pilotos Nico Hulkenberg , Esteban Gutierrez
Tipo de artigo Últimas notícias