Hulkenberg brilha de novo, luta com Alonso e termina em 6º

Alemão da Sauber quase ultrapassou o bicampeão do mundo na última volta. Gutierrez teve corrida dura e chegou em 13º

Aparecendo muito bem em Austin desde os treinos livres, Nico Hulkenberg mais uma vez conseguiu somar alguns importantes pontos para a Sauber, algo que vem sendo freqüente nesta reta final de temporada. Neste domingo ele foi o sexto colocado, após boa briga com Alonso, o quinto.

“Um resultado muito sólido novamente. Foi uma corrida interessante, não tive que lutar muito, a não ser no final, com o Fernando ( Alonso ), que foi divertido. Infelizmente, a na parte crucial da corrida, cerca de dez a 15 voltas antes do final, nós não tínhamos o ritmo de Fernando, por isso ele foi capaz de me ultrapassar. Durante a última volta, consegui ultrapassá-lo, mas perdi a tangência e ele deu o troco”, comentou o alemão.

“Mas nós terminamos apenas 2 segundos atrás de nossos concorrentes. Acho que foi um bom fim de semana com um ganho de uns bons oito pontos”, completou.

Seu companheiro Esteban Gutierrez teve uma corrida atribulada. Largou em 20º, após sofrer punição por atrapalhar Pastor Maldonado na classificação e tentou uma estratégia arriscado, quando o Safety Car entrou logo na início da prova. “Foi uma corrida muito dura, pois larguei em 20º. Tive que buscar um monte de posições na pista. Fiz uma boa primeira volta, ganhei algumas posições, mas em seguida, com o Safety Car na pista, decidimos parar nos boxes, a fim ficar em uma estratégia diferente dos outros carros. Precisamos analisar a situação agora e ver o quanto nós ganhamos com isso. Acho que, apesar de tudo, o problema principal foi a penalidade de 10 lugares no grid”, analisou o mexicano.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP dos EUA
Pilotos Nico Hulkenberg , Esteban Gutierrez
Tipo de artigo Últimas notícias