Jenson Button descreve adaptação à pista de Mônaco

Inglês declara ser fã de circuitos “old school” e busca melhorar ritmo da McLaren para lutar pelo pódio no domingo

Button dá entrevistas em Mônaco

Vencedor da corrida em 2009 e no pódio em 2011 pela McLaren, o britânico Jenson Button considera o circuito de Mônaco um dos traçados que mais lhe agrada no calendário. O piloto da McLaren vê o desafio e a falta de perdão a erros como as maiores qualidades do traçado que, ao contrário das pistas modernas, não tem área de escape.

“É um circuito que você tem de se adaptar. É muito diferente do novo estilo de circuitos da F-1, que é asfalto, linha branca e asfalto”, disse ao TotalRace.

“Você não pode entrar mal nas curvas da primeira vez e ir trabalhado para encontrar o ponto de freada. É muito técnica, e acho que isso todos aprendemos nas fórmulas anteriores e menores”, falou o piloto com mais experiência no grid na F-1 desde 2000.

“Acho que essa é uma das razões pelas quais amamos Mônaco, porque é como nos velhos tempos. Você não pode se arriscar como se faz hoje em dia nos novos circuitos. Tem de ser aos poucos.”

Pole Position em 2009, o inglês descreve como é fazer uma volta perfeita em Mônaco. “Na classificação quando você tira tudo do carro, quando você tira tudo de você, é uma ótima sensação. Você não pode lutar com o circuito aqui, mas tem de usar o máximo possível, milímetros entre o carro e os muros.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Jenson Button
Tipo de artigo Últimas notícias