Kimi larga em 10º: "A corrida não dá para ser muito pior"

Finlandês sofreu com a falta de aquecimento de pneus no treino e ainda por cima foi punido por "fila dupla"

Um carro que cuida bem dos pneus ao longo da corrida geralmente tem dificuldade em colocá-los rapidamente na temperatura adequada para fazer uma volta rápida. Com a chuva e 16ºC de temperatura de pista, a situação piora. Foi o que Kimi Raikkonen sentiu na pele na classificação para o GP do Canadá. Sem aderência e sofrendo desde o Q1, o vice-líder do mundial larga em 10º.

“Não é o que queríamos, mas é nossa velocidade nestas condições. Não temos aderência dos pneus, não conseguimos fazê-los funcionar. Vamos tentar melhorar amanhã, não dá para ser muito pior que hoje.”

Para piorar a situação, Raikkonen foi punido por não alinhar seu carro atrás dos demais antes do reinício do treino após a bandeira vermelha causada pelo acidente de Felipe Massa. O finlandês perdeu uma posição no grid.

O finlandês explicou sua tática de permanecer na pista fazendo uma sequência de voltas lançadas no Q3, enquanto os rivais colocaram pneus novos. “Com esse tipo de condição, chovendo e parando a todo momento, você não sabe o que vai acontecer. Então decidimos permanecer na pista para nos certificar de que estaríamos andando quando as condições estivessem as melhores.”

Para amanhã, Kimi torce para que as previsões de que as temperaturas vão aumentar estejam certas. “Ficam mudando a previsão do tempo a todo momento, então precisamos ver o que vai acontecer. Tomara que esteja seco para que fique mais fácil para nós. O problema é que não há muitas informações a respeito do pneu por causa do clima até aqui. Vamos fazer nosso melhor e ver onde terminamos.”

Quem também teve um dia para esquecer foi Romain Grosjean, que larga em último após se classificar em 19º e cumprir a punição pelo acidente com Daniel Ricciardo em Mônaco.

“Claramente não foi o melhor dos dias, e claro que com a punição eu largo do que deveria ser a 29ª posição, o que é bem longe!”, ironizou o francês. “Depois que colocamos os pneus novos, eu tinha uma volta para fazer meu tempo, mas havia muitas bandeiras amarelas. Depois a pista estava molhada demais. Fomos pegos de surpresa pelo clima mas não é culpa de ninguém, é azar.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Kimi Raikkonen , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias