Kimi tinha pneu sobrando no final, diz engenheiro da Lotus

Ao TR, Ricardo Penteado explica que classificação ruim teve mais a ver com e excesso de zelo do finlandês do que com o carro

Tropeço de sábado à parte, o segundo lugar de Kimi Raikkonen e o terceiro de Romain Grosjean no GP do Bahrein ficou dentro das expectativas da equipe. Falando com exclusividade ao TotalRace, o engenheiro de motores do carro do finlandês, Ricardo Penteado, revelou que o vice-líder do campeonato parou uma vez a menos que os rivais e ainda acabou a prova com pneu sobrando.

“Desde a sexta-feira, tudo estava correndo muito bem: o carro estava bom e o pneu tinha um bom funcionamento. Mais uma vez, contudo, ficamos decepcionados com a classificação. Esperávamos uma posição até dentro do top 4.”

Segundo Penteado, a Lotus tinha mais ritmo de classificação do que o demonstrado por Grosjean e Raikkonen. O francês perdeu a chance de entrar no Q3 ao cometer um erro estratégico e não fazer uma segunda tentativa, enquanto o finlandês não fez uma boa volta na última parte do treino.

“Os pilotos só têm uma volta rápida na classificação e, se o piloto atacar muito, pode cometer um erro e perder essa volta. Acho que o Kimi foi um pouco cuidadoso demais em relação aos outros, que atacaram um pouco mais. No Q2, ele fez o terceiro tempo mas, no final, não conseguiu juntar todos os setores e acabou ficando em nono, subindo com as punições dos outros.”

Comprovando a teoria do engenheiro, Raikkonen fez 1min33s1 no Q2 e, enquanto Rosberg melhorou meio segundo na última parte e Alonso ganhou 0s7, por exemplo, o finlandês foi dois décimos mais lento quando importava.

Mesmo com a decepção na classificação, entretanto, a confiança da equipe ainda era grande, como atestou o chefe Eric Boullier, ouvido pelo TotalRace. Afinal, em 2012, a equipe também havia feito um pódio duplo com os pilotos largando exatamente em sétimo e 11º.

“Esperávamos repetir a performance do último ano, mas também sabíamos que os parâmetros eram muito diferentes. É bom que possamos ter feito isso, especialmente com duas estratégias diferentes.”

Penteado afirmou que as projeções dos treinos livres se mostraram acertadas e os pilotos puderam usar a característica do carro poupar pneu para reverter o quadro da classificação.

“Na corrida, a gente encontrou o mesmo carro da sexta-feira. Como conseguimos economizar muito pneu na parte traseira, o Kimi conseguiu fazer só duas paradas e ainda tinha pneu sobrando no final.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias