Koba: "Não dá para esperar 10 voltas pro pneu aquecer na classificação"

Japonês revela dificuldade com ambos os compostos, enquanto Perez se prepara para correr diante da torcida

Mesmo tendo terminado o dia de treinos livres em nono lugar, Kamui Kobayashi espera ter vida dura durante a classificação para o GP dos Estados Unidos. O japonês disse ter tido muita dificuldade em aquecer os pneus. A Pirelli levou ao circuito de Austin seus dois compostos mais duros.

“Tenho de dizer que tive muitos problemas com aquecimento de pneus com ambos os pneus. Não dá para classificar se precisarmos de 10 voltas para os pneus funcionarem. Vamos procurar soluções”, afirmou o pilott. “Gostei de pilotar aqui. Na primeira sessão, foi uma questão de me familiarizar com a pista e esperar que o asfalto melhorasse. Na segunda, conseguimos fazer um long run de 20 voltas, mas tivemos de parar por uma quebra no escapamento.”

Do outro lado do box da Sauber, Sergio Perez não teve problemas técnicos. Porém, reclamou do acerto do carro. O mexicano fechou o dia em 14º.

“Tivemos um bom dia em termos de cumprir todo o programa sem problemas. A pista é incrível, e gosto especialmente do primeiro setor. Acredito que teremos uma grande corrida e mal posso esperar para correr diante de tantos mexicanos. Ainda assim, não estou feliz com o certo do meu carro, mas estou confiante de que podemos melhorá-lo.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP dos EUA
Pilotos Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias