Kobayashi arranca pontinho a três voltas do final

Japonês da Sauber ultrapassou Paul Di Resta para ser décimo, enquanto a agressividade do companheiro Sergio Perez resultou em punição

Perez causou confusão andando no meio do pelotão

A corrida da Sauber foi comprometida pela classificação abaixo do esperado. Mesmo assim, Kamui Kobayashi ultrapassou Paul Di Resta faltando três voltas para o final para conquistar o único ponto da equipe no GP da China, com a décima colocação.

“Estou muito feliz por ter conseguido marcar pelo menos um ponto hoje. Foi importante depois de não me classificar tão bem quanto gostaria. Quando estava tentando chegar perto de Adrian (Sutil) ele passou outro carro e acho que não me viu. Nos tocamos e fiquei com um buraco no bico. Tecnicamente, não foi um problema, mas muita sujeira entrou no cockpit”, revelou, por meio da assessoria de imprensa da equipe.

O mexicano Sergio Perez também se meteu em confusão e levou um drive through após colidir com o Renault de Nick Heidfeld. Ainda teve tempo para se estranhar com Adrian Sutil, a exemplo do companheiro, e foi apenas o 17º na classificação final.

“Fui muito mal na primeira curva e perdi algumas posições. Sinto muito pelo acidente com Adrian (Sutil). Naquele momento queria tirar tudo dos pneus porque estava disputando com o Vitaly (Petrov) e fui muito agressivo. É uma pena porque me senti muito mais confortável com o carro nesse final de semana.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias