Kobayashi diz que pode precisar de patrocínio para ficar na F1

Japonês da Sauber não conta com patrocinador forte no momento, mas admite que isso pode ser fundamental para permanência

Kobayashi aceita patrocinador forte

Após conquistar seu melhor resultado na carreira, subindo ao pódio justo no GP do Japão e fazer grande festa com a torcida, Kamui Kobayashi voltou à dura realidade. O piloto japonês está sem vaga garantida na F1 e deve precisar de um forte patrocínio para continuar no grid em 2013. “É claro que um patrocinador pode me ajudar a ficar no ano que vem. No momento não conto com patrocínio e acho muito estranho ter de encontrar um para permanecer na Sauber ou mesmo na F1, mas dinheiro é importante hoje”, disse Kamui, incomodado com a situação.

“Os pilotos deveriam se preocupar com o carro e com o que fazer com o carro, mas hoje é preciso se preocupar também com patrocinadores. Meu sonho sempre foi estar na F1 e vou tentar mostrar no resto da temporada que posso permanecer aqui no ano que vem”, afirmou.

Sobre o GP da Coréia, Kobayashi afirmou que não é o ideal para a Sauber, mas mesmo assim sonha com um pódio, como no Japão. “Não é o circuito ideal para o carro da Sauber, mas se conseguirmos mexer bem no carro e corrigir algumas coisas que não funcionaram nas atualizações, podemos sonhar com um pódio. De qualquer jeito, se conseguirmos marcar pontos, será ótimo para o mundial de construtores”, relativizou.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Coreia
Pilotos Kamui Kobayashi
Tipo de artigo Últimas notícias