“Kobayashi era um piloto muito difícil de bater”, reconhece Pérez

Parceiro na Sauber em 2011 e 2012, mexicano atualmente na Force India diz que aprendeu muito com duelo interno

Em fase difícil, lutando com o mau ritmo da Caterham e com rumores dando conta de que pode ser substituído a qualquer momento pelo espanhol Carlos Sainz Jr, Kamui Kobayashi foi defendido pelo mexicano Sergio Pérez, seu ex-companheiro de equipe.

"Kobayashi era muito, muito difícil de bater", Perez disse ao site da Autosport.

"Quando ele se sentia confortável, definitivamente era um dos pilotos mais difíceis de vencer, especialmente em uma volta. Ele foi realmente incrível. Aprendi muito com ele sobre como trabalhar com os pneus.”

"Ele tem uma boa experiência com os japoneses, eles são sempre bons em pneus. Isso foi bom para eu aprender com ele."

Nas primeiras 11 corridas, Pérez foi superado pelo companheiro de Force India, Nico Hülkenberg. O alemão terminou de 12 corridas consecutivas dentro dos pontos antes de abandonar o GP da Hungria. Para Pérez, ter um companheiro tão bom elevou seu nível.

"Nico é um forte companheiro de equipe - definitivamente um dos mais fortes que eu tive", acrescentou Perez. “Ele é muito completo e isso me ajuda a alcançar outro nível.”

"De cada companheiro de equipe, eu aprendo coisas, e é bom quando você tem diferentes companheiros em equipes diferentes. Isso ajuda você com a sua experiência para o futuro."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias