Kobayashi não pensa em correr por times grandes, “no momento”

Em sua segunda temporada completa, japonês afirma que experiência pesa na hora de Ferrari, McLaren e Red Bull escolherem seus pilotos

Kobayashi tem nove pontos no campeonato

 

Kamui Kobayashi vem fazendo um grande trabalho desde que estreou na F-1, substituindo Timo Glock na Toyota nas últimas corridas de 2009. Cada vez mais, imagina-se o que o japonês da Sauber poderia fazer com um carro melhor, principalmente quando temos Mark Webber, na Red Bull, e Felipe Massa, na Ferrari, com dificuldades para acompanhar seus companheiros.

 “Acho que eles têm muita experiência e, se estão em times grandes, é porque são rápidos. É por isso que estão aqui”, justifica o japonês, falando ao TotalRace.

“Eu tenho mais experiência que meu companheiro de equipe, mas isso não é suficiente na F-1. Acho que posso ir para um time grande mas, neste ano, tenho que guiar este carro e ser forte. Não estou pensando em outras equipes no momento.”

Sobre o GP de Mônaco, Kamui tem uma visão bem particular.

“Mônaco é muito legal, as pessoas ficam muito animadas. É um pouco difícil equilibrar a noite e o dia, mas eles amam estar aqui.”

O piloto não quis se alongar muito ao comentar a decisão da FIA de banir o uso da asa traseira móvel no túnel.

“Concordo com a decisão. Não quero comentar, mas estou feliz.”

(colaborou Felipe Motta, de Mônaco)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Kamui Kobayashi
Tipo de artigo Últimas notícias