Kobayashi se defende de Hamilton: "fiquei na minha linha"

Japonês e inglês protagonizaram a polêmica da corrida belga após um toque na 12ª volta em Spa-Francorchamps

Hamilton perde controle após toque com Kobayashi

Kamui Kobayashi tratou de se defender das acusações de Lewis Hamilton no incidente que marcou o GP da Bélgica de F-1.

O contato dos dois pilotos aconteceu na 12ª volta, quando Hamilton efetuou a ultrapassagem e acabou tocando em Kobayashi na hora de fazer a tangente para a curva seguinte, perdendo o controle do carro e batendo em alta velocidade.
 
O japonês alega que não moveu seu carro em nenhum momento. "Estava em quarto e sabia perfeitamente que ele era mais rápido que eu, então fiquei na minha linha e não esperava que ele mudasse sua trajetória."
 
"Claro que esperava pontuar. Minha largada foi boa e tive boas disputas. Nas retas, estava mais lento que o esperado, mas não sei os motivos. Quando parei na segunda volta atrás do safety car, perdi muitas posições. Enfim, o stint longo com pneus macios no fim funcionou bem, mas fiquei muito longe dos pontos", lamenta.
 
Já seu parceiro, Sergio Perez, abandonou com problemas no carro e não escondeu a tristeza. "Estou muito desapontado. Tive uma boa largada, o carro estava bom e deveríamos marcar pontos. Em disputa com Sebastien Buemi, acabei tocando nele e perdi downforce. Depois, senti que tinha algo bem errado na traseira e recolhi o carro."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pilotos Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias