Kvyat se anima com pista nos EUA; Vergne ignora crise e foca na Toro Rosso

Pilotos da equipe desembarcaram nesta quinta-feira pensando no GP dos EUA, marcado para este final de semana

Kvyat se anima com o Circuito das Américas, em Austin
Garantido como piloto da Red Bull para 2015, Daniil Kvyat se encontra em um momento de despedida da Toro Rosso. Restando três etapas para o final da temporada – e na carreira dentro do time -, o russo se mostra empolgado, especialmente por este final de semana, quando será realizado o Grande Prêmio dos EUA.
 
[publicidade]Nesta quinta-feira, em conversa com os jornalistas, Kvyat elogiou a pista em Austin, no Texas, e destacou a evolução pessoal na temporada, responsável por galgá-lo à Red Bull em 2015.
 
“Austin é um circuito muito legal. A primeira sessão é bem rápida, tem que se tomar muito cuidado para não guiar de uma forma tão dura, porque aqui também exige muita técnica. Gosto de guiar em pistas como essa”, declarou o russo, satisfeito pela evolução no ano.
 
“Em todas as categorias, eu consegui evoluir coisas particulares, igualmente aqui na Fórmula 1. Melhorei muitos detalhes da minha técnica neste campeonato e fiz o melhor trabalho possível”, finalizou o russo, uma das emergentes estrelas da categoria máxima do automobilismo.
 
Enquanto Kvyat respondeu sobre o crescimento, restou a Jean-Eric Vergne tratar sobre a atual crise da Fórmula 1. No GP dos EUA, o grid será formado apenas por 18 carros, já que tanto Marussia quanto a Caterham, por conta de problemas financeiros, receberam uma licença para se ausentarem do final de semana no Texas.
 
“Vamos ver o que se passa. Para mim, no entanto, o mais importante é a minha equipe. Vim para cá a fim de fazer o melhor trabalho possível e estar nos pontos no final de semana”, disse.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias