Lanterna comemora melhora no ritmo de corrida

Feliz em completar com ambos os carros, Hispania acredita que está chegando mais próxima da Virgin

Esse foi o mais perto que os Hispania estiveram dos rivais na China

Lanterna comemora melhora no ritmo de corrida
Feliz em completar com ambos os carros, Hispania acredita que está chegando mais próxima da Virgin

Presença garantida nas últimas posições do grid e da classificação final da corrida, os Hispania de Vitantonio Liuzzi e Narain Karthikeyan terminaram o GP da China na 22ª e 23ª posições respectivamente. A equipe se disse satisfeita com a confiabilidade e o ritmo de corrida – o italiano, mesmo após um drive through,  ficou a pouco mais de 17s do rival mais próximo, Timo Glock.

“A performance foi muito melhor do que na Malásia porque diminuímos a diferença para os Virgin. Infelizmente, sofri uma penalização por um problema na largada, quando soltei a embreagem muito cedo e o carro se moveu antes da luz apagar”, justificou Liuzzi, por meio da assessoria de imprensa da equipe.

O indiano Karthikeyan está confiante com as melhoras prometidas para o próximo GP.

“Alcançamos nosso objetivo hoje, que era terminar a corrida. Não acho que a Virgin está muito longe de nós, o que é bom para as próximas corridas. Com as novidades vamos estar muito mais competitivos na próxima corrida.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Narain Karthikeyan , Vitantonio Liuzzi
Tipo de artigo Últimas notícias