Lauda: “Você tem que ser um bastardo se quiser vencer na Fórmula 1”

Ex-tricampeão do mundo releva tensão na Mercedes durante GP de Mônaco e afirma que tudo se resolverá

O austríaco Niki Lauda, diretor não-executivo da equipe Mercedes, disse após o GP de Mônaco que espera maturidade de seus pilotos. A paz na equipe sofreu grandes abalos no último fim de semana, quando Lewis Hamilton acusou Nico Rosberg de errar de propósito para lhe prejudicar na classificação do GP de Mônaco.

“Nico disse que não freou tarde demais. Ele pediu desculpas, o que eu tenho que respeitar. Tivemos um incidente de corrida antes em Barcelona, onde Lewis usou uma configuração de alta potência no motor e nós dissemos que não era correto e ele se desculpou. Então, basicamente, são duas pessoas adultas e tenho certeza de que Lewis vai superar isso depois de uma noite de sono.”

"Estou em contato constante com ele, então talvez ele me chame. Senão, eu ligarei para ele e perguntarei como é que ele está, mas não hoje."

Lauda acrescentou que a tensão é normal entre companheiros de equipe, especialmente quando ambos estão lutando pelo título .

"Sim, a tensão é normal, você não pode pará-la", continuou Lauda .

"Você tem que ser um bastardo se quiser vencer na Fórmula 1 de qualquer maneira. Sem perguntas. Você não pode ganhar sendo um cara legal. Me diga alguém que foi campeão e foi legal..."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias