Lewis Hamilton encerra polêmica e se desculpa via twitter

Inglês falou de sua performance em Mônaco, do respeito que tem em relação a Massa e Maldonado e já mira na próxima etapa, no Canadá

Hamilton é o vice-líder do campeonato

 

Lewis Hamilton veio a público hoje via twitter para desculpar-se dos comentários que fez após o GP de Mônaco. O inglês havia chamado os pilotos Felipe Massa e Pastor Maldonado de “ridículos” e se disse injustiçado pelos comissários, que lhe deram três punições durante o final de semana – uma por cortar a chicane no treino classificatório e duas por causar colisões justamente com o brasileiro e o venezuelano.

O piloto da McLaren chegou a falar em racismo, mesmo que em tom de brincadeira, o que gerou uma onda de críticas, especialmente na mídia inglesa.

Segue a mensagem de Hamilton na íntegra:

“Olá pessoal. Queria pedir desculpas pela performance do último final de semana e também pelos comentários após a prova, nunca quis ofender ninguém. Também gostaria de agradecer a todos aqui [no twitter] por suas mensagens positivas e também pelas mensagens zangadas. Respeito ambas.

Para Massa e Maldonado, com o maior respeito eu peço desculpas se os ofendi. Ambos são pilotos fantásticos que tenho em alta estima.

Para os fãs que perdi e que ganhei, desejo nada além de amor e felicidade. Deus os abençoe. Montreal vem aí. Lewis.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias