Lewis minimiza possível saída de Brawn: "Temos pessoas com talento"

Campeão de 2008 mostra frieza ao falar do atual chefe: "Se vai ser uma perda para o esporte? Não diria dessa maneira"

Com os crescentes boatos de que Ross Brawn pode sair da Mercedes em 2014, Lewis Hamilton demonstrou certa frieza quando questionado sobre o convívio com o atual chefe falando à imprensa mundial hoje em Abu Dhabi. Para ele, o time independe da estadia de Brawn para começar bem a temporada de 2014.

“Eu acho que, no fim das contas, as pessoas devem tomar as decisões por elas mesmas. Qualquer que seja a decisão dele, espero que seja algo que ele queira fazer”, falou o britânico ao TotalRace.

“Felizmente para nós, temos muitos profissionais bons da equipe. Eu acho que o time vai ser forte no fim, e estou muito ansioso para ver o que podemos fazer no ano que vem.”

Lewis reiterou a importância de Brawn, mas diz que existem outros nomes bons. “Eu me juntei à equipe por várias outras razões, e tê-lo foi um bônus. Temos muitas pessoas com talento no time, mas ele é um bom chefe, é bom de trabalhar com ele. Ele cria um bom clima na equipe, mas isso é esperado de outros chefes. Qualquer que seja a decisão que ele tome, espero que seja o certo para ele e estou confiante no potencial de nosso time.”

Questionado se Ross seria uma perda para a F-1, Lewis acredita que não totalmente. “Se é uma perda para o esporte? Quando eu não estiver aqui, quando você ou ele não estiverem, o esporte vai continuar. Portanto, não diria dessa maneira.”

“Eu espero que seja um bom fim de semana. A segunda metade da temporada tem sido difícil para mim. Mas foi um ano bom. Precisamos fazer algumas análises nessas últimas corridas para fazermos algumas mudanças”, finalizou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias