Líder no Q1, Rosberg entende, mas lamenta adiamento do treino

Alemão reconhece que as condições de pista estavam difíceis, mas celebra bom rendimento do Mercedes na chuva

Líder da primeira parte do treino classificatório, única realizada na tarde deste sábado na Austrália, Nico Rosberg lamentou o adiamento da definição do grid de largada, que será realizada às 11h da manhã de domingo pelo horário local, 21h de sábado em Brasília. Afinal, o alemão estava feliz com o desempenho de sua Mercedes na chuva.

“É uma pena que tenham terminado a classificação, porque definitivamente estávamos na luta hoje. É muito desapontador, mas acontece. Amanhã deverá estar seco, o que aumenta o desafio, mas acho que temos um carro decente também nestas condições”, afirmou o alemão, ouvido pelo TotalRace em Melbourne.

Rosberg admitiu que a pista estava perigosa, mas se disse feliz com o comportamento do W04.

“Foi muito bom de ver. O carro estava muito bom e eu me senti muito confortável mesmo com as condições muito difíceis. É muito desafiador pilotar sem muita luz e as linhas pintadas no chão estavam tornando a pista muito escorregadia. Isso provocou muitos erros.”

Assim, o alemão concorda com a decisão da FIA de adiar a classificação.  “Foi a decisão certa. Estava muito difícil, especialmente pelos rios formados na pista e as linhas pintadas.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias