Lotus celebra melhor resultado da temporada entre as nanicas

Trulli e Kovalainen terminam em 14º e 15º, respectivamente; pilotos da Virgin também se aproveitam de abandonos

Jarno Trulli lidera disputa em Spa

Jarno Trulli, 14°: "Para mim e toda a equipe foi uma corrida muito boa. O acidente na curva 1 danificou os dois carros do time e tivemos de andar assim. Por isso, terminar em 14º foi fantástico. Gostei de toda a prova, passei alguns carros. Depois do safety car passei uma Renault e fui capaz de manter o ritmo dos carros à frente. Corridas como estas são muito satisfatórias."

Heikki Kovalainen, 15°: Foi uma boa corrida para nós, apesar da largada. Os pneus macios não renderam tão bem quanto os médios, mas pude forçar e a principal coisa foi que ambos os carros terminaram em posições boas."
 
Jerome D'Ambrosio, 17°: "Estou muito feliz com minha corrida e muito confortável com o equilibrio do carro. Foi difícil na largada, com muitos detritos. Até achei que tivesse um problema, mas no fim foi uma corrida calma. Foi um pouco complicado no fim para poupar combustível e foi a primeira vez que fiz isso. Deu certo e estou feliz com a forma que as coisas se desenrolaram em minha primeira corrida caseira."
 
Timo Glock, 18°: "Foi um início ruim, com o erro cometido na curva 1. Freei mas não consegui evitar a colisão com Paul Di Resta. Infelizmente, destruí seu carro e sua corrida, e preciso pedir desculpas. Foi minha culpa. Fui punido, tive de parar de novo para colocar uma asa e o carro ficou nervoso. No fim, busquei levar o carro para casa e estou feliz com o resultado."
 
Vitantonio Liuzzi, 19°: "Sabíamos que seria complicado, especialmente no seco. Mesmo sem ritmo ideal, estávamos à frente dos principais rivais no primeiro stint. Ainda temos trabalho para fazer para provar que podemos progredir até o fim do ano."
 
Daniel Ricciardo, abandono: "Não posso ficar satisfeito pois foi uma corrida curta pra mim, mas positiva. O ritmo estava bom à frente das Virgins e Lotus. Mas um problema na traseira encerrou prematuramente minha corrida. Mas existem coisas positivas para extrair."
 
Sebastien Buemi, abandono: "Tive uma boa largada, de 11° para sexto. Pude acompanhar o ritmo de Alonso e Hamilton, mas Perez tentou me passar e me acertou, o que destruiu minha asa traseira. Não entendi o que ele queria fazer: acho que ele esqueceu de frear."
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Tipo de artigo Últimas notícias