Magnussen ganha o apoio da McLaren após punição

Para o chefe da equipe, Eric Boullier, os fãs querem ver manobras agressivas como a do dinamarquês

O dinamarquês Kevin Magnussen ganhou o apoio de seu chefe, Eric Boullier, depois de ser punido por jogar Fernando Alonso para fora da pista nas voltas finais do GP da Bélgica.

[publicidade] O francês gostou da maneira agressiva como o novato, que acabou tendo 20s acrescidos a seu tempo total, caindo de sexto para 12º, disputou com o bicampeão mundial, Sebastian Vettel e Jenson Button.

“Eu amei, as corridas são assim”, disse à Autosport. “É disso que todos estamos falando e acho que tivemos uma corrida cheia de incidentes, ou seja, uma ótima corrida. Obviamente, faz parte da experiência que ele está ganhando ao longo da temporada. Ele está muito motivado”, afirmou o chefe.

Magnussen faz sua temporada de estreia na Fórmula 1 depois de ser campeão da World Series no ano passado. Para Boullier, as voltas finais do GP da Bélgica foram como uma espécie de trote para o calouro.

“Ele é novo para a categoria e é bom ver os grandes caras forçando um pouco para mostrar ‘fique para trás, moleque’. É parte do processo de aprendizado, então é bom. Acho que não é fácil chegar na F-1, especialmente com um time grande. Há muita pressão agora que não há testes. Não é fácil.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias